20 de jan de 2013

[Guest Post] O Sucesso de Transformers


Desde sua criação, em 1984, a franquia Transformers passou por diversas ‘fases’, porém nunca gozou de tanta popularidade quanto atualmente. Os filmes são campeões de bilheteria, a série animada Transformers Prime faz um enorme sucesso e os quadrinhos não ficam atrás, com diversas séries e minisséries bastante elogiadas pelo público e crítica, além, é claro das linhas de brinquedo, que seguem um bom desempenho de vendas.

Mas quem seria o responsável por este interesse da grande massa pela franquia nos últimos anos? Se devo creditar isso a apenas um nome, eu diria Michael Bay. Os fãs mais puristas não gostaram da roupagem dos Transformers nos filmes de Bay, muitas vezes reclamando do design dos robôs e das piadas, por vezes, exageradas e de alguns nomes do elenco (Shia Labeouf). Tenham ou não razão em suas reclamações, estes fãs, assim como nenhum outro, não pode negar a importância dele no crescimento de popularidade dos robôs de Cybertron. Despido da roupa de fã, se analisarmos Transformers como um filme de ação veremos uma produção bastante competente e caprichada. Os efeitos especiais são primorosos, fazem o espectador acreditar que aqueles seres são reais, o roteiro, embora possua seus ‘furos’ mantêm o público apreensivo e nos faz criar empatia pelos protagonistas (incluindo os robôs) e as cenas de ação são conduzidas de forma bastante empolgante e efetiva. Com todos estes ingredientes, Transformers se tornou um sucesso absoluto em 2007.

Com o sucesso do filme a franquia ganhou fôlego. O que antes era consumido por milhões de pessoas, passou a ser consumido por bilhões. Os brinquedos inspirados no filme foram um sucesso, agora era possível ver pessoas de todas as idades ostentando camisetas com Optimus Prime, a procura por quadrinhos da série aumentou e até mesmo, os que possuem maior poder aquisitivo, podiam adquirir um Camaro com a insígnia Autobot como Bumblebee no filme.

Inevitavelmente o primeiro filme originou continuações, que encerram uma trilogia planejada pelos produtores. A quarta parte já está em pré-produção e o lançamento deve ocorrer em 2014.

Será que Transformers hoje seria um sucesso multimídia se não fosse pelos filmes? Difícil dizer, mas arriscando um palpite eu diria, não. Podemos pegar como exemplo G.I. Joe (conhecidos no Brasil como Comandos em Ação), que logo após o estrondoso sucesso de Transformers foi no que a Hasbro apostou no cinema e o resultado foi, no mínimo, decepcionante. O filme não empolga os personagens não possuem carisma e o roteiro deixa a desejar em muitos aspectos. Os brinquedos e demais merchandising baseados no filme não venderam o esperado e o segundo filme da franquia deve sair ainda em 2013, mas desta vez com grande parte do elenco modificado, assim como o diretor.

Talvez outro fator que tenha ajudado a alavancar e espalhar este interesse tenha sido o fato de que as crianças de 1984 hoje são adultos que ocupam postos de prestígio em empresas diretamente relacionadas a Transformers, como Hasbro, IDW, etc. Os quadrinhos lançados pela IDW são um sucesso porque os roteiristas e desenhistas responsáveis pelas séries são, acima de tudo, grandes fãs daqueles personagens. O mesmo se aplica as pessoas por trás da série animada Transformers Prime e dos jogos da Activision War for Cybertron e Fall of Cybertron. Estas pessoas sabem o que os fãs querem ver e como querem ver, isso contribui para a qualidade dos produtos gerados a partir de seus esforços: Transformers Prime é um sucesso de audiência e crítica, assim como os jogos de videogame também são um enorme sucesso e a IDW, responsável pelos quadrinhos da série, está regularmente anunciado novas séries e minisséries.

Seja qual for o meio que você acompanha os Transformers (quadrinhos, brinquedos, filmes, série de TV, video-games) prepare-se para muito mais coisas que virão, em todos estes flancos. E como a qualidade tem se mostrado cada vez maior, aumentando junto com a exigência do público, o que está por vir será certamente melhor do que estamos vendo atualmente.

1 comentários:

Caio Araújo de Souza disse...

"Seja qual for o meio que você acompanha os Transformers (quadrinhos, brinquedos, filmes, série de TV, video-games)". Eu acompanho Transformers de todas as maneiras todo mes compro 3 bonecos diferentes e, atualmente eu e um amigo meu estamos legendando Transformers Galaxy Force e Transformers Robots In Disguise, mas são legendas feitas de "fãs para fãs não venda, nem alugue". O nosso trabalho é recuperar as series TF desde 1984 até 2005, essas séries pouca gente conhece e nos estamos legendando para quem quiser assistir.

Postar um comentário


 
Design by W. Alex. Silva
-