14 de ago de 2011

Toys e Dioramas

Saudações Cybertronianas...

Um dos maiores problemas enfrentados por mim ao desenvolver um Diorama - sem sombra de dúvidas - está ligado ao tamanho dos toys. Aos colecionadores mais veteranos, já é sabido que "infelizmente" as figuras não seguem uma padronização, vindo muitas das vezes dentro de uma mesma linha com escalas totalmente diferentes daquelas percebidas nos desenhos, animações, quadrinhos ou filmes da franquia, não havendo respeito ao tamanho de um Transformers em relação a outro.

Como já havia sido mencionado na publicação Combinando toys para um Diorama mais preciso..., ainda afirmo que a solução é a combinação das classes existentes (Leader, Voyager, Deluxe, Scout, Commander, Titanium die-castLegend ou Legion Class) para conseguir o melhor resultado possível num trabalho.

Cena de Transformers: Dark of the moon
Para melhor entendimento, tomemos por exemplo duas figuras de classes diferentes da recém-lançada linha Dark of the moon: Voyager Class Ironhide e Deluxe Class Crankcase. No terceiro filme, vemos Ironhide enfrentando Crankcase, e observando atentamente percebemos que por pertencerem a mesma linha, as figuras são perfeitamente compatíveis para a elaboração de um Diorama desta cena em particular.

Transformers: Cybermission ep. 2

Agora relembremos da cena de combate vista na animação Cybermission Ep. 2, onde Ironhide e Bludgeon se enfrentam numa selva. Observe a imagem ao lado e veja que Bludgeon é muito maior do que Ironhide, no entanto, se colocarmos os toys referentes a esta animação lado a lado, veremos que o mesmo não ocorre, apesar de ambos pertencerem a mesma linha.


A solução, no caso, para elaboração de um Diorama da cena da animação Cybermission seria - de um ponto de vista pessoal - utilizar um Deluxe Class Ironhide da linha Hunt for the Decepticons ao invés de sua versão Recon e um Voyager Class Bludgeon.

Voyager/Deluxe Class Ironhide
Como podem perceber, estes são apenas alguns exemplos dos muitos "problemas" relativos a escalas, que poderemos encontrar ao elaborarmos Dioramas. Contudo, se quisermos que um Diorama retrate o mais fielmente possível uma determinada cena, a adaptação dos toys, torna-se uma condição essencial, pois é a partir da escolha desses que faremos todos os outros elementos que comporão o cenário, tentando ao máximo respeitar a escala dos objetos incorporados com as figuras utilizadas, de tal forma que os robôs pareçam realmente gigantescos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Otimo blog continue com seus projetos!! piada transformer da semana: Em terra de Transformers, batida de carro é estupro hsahshash

W.Alex.Silva disse...

Com certeza viu sim Anônimo 1, em TF: 3... :P

Anônimo 2, você pegou pesado... kkk

Obrigado pelos comentários... Um grande abraço a todos!!!

Postar um comentário


 
Design by W. Alex. Silva
-